Tutorial do EFT Oficial

4a PARTE- Avançado: Fazendo Tapping mais Profundo em Questões Emocionais

Da escrita em nossas paredes aos Tampos de Mesa

Uma Compreensão mais Profunda das Questões Emocionais

Os Escritos em nossas Paredes Mentais foi apresentado no último artigo para ajudá-lo a entender como são criadas as questões emocionais, levando-o então em direção às Core Issues (Questões Centrais)

Para efeito de revisão, eis alguns exemplos comuns que podem aparecer como Escritos nas nossas Paredes Mentais;

  • Vendedores são uma praga.
  • Ricos são gananciosos.
  • Lucrar é ruim.
  • Dietas não funcionam.
  • Homens não choram.
  • Boas moças não fazem isso.
  • Sem esforço não há resultados.
  • Boas pessoas trabalham de graça.

EFT Tapping Framework image
A Criandouma estrutura na qual
você pode organizar todas as peças
do problema da pessoa.

Seja denominando-os julgamentos, generalizações, interpretações, conclusões, decisões, crenças ou até mesmo verdades; cada um desses exemplos representa a maneira como a pessoa vê o mundo.

Nesse artigo, levamos a Escrita em nossas Paredes um passo adiante, adicionando uma estrutura na qual você poderá organizar todas as peças do problema da pessoa. Esta prática lhe permitirá perceber o quadro geral mais claramente e escolher o procedimento mais eficaz. O desenvolvimento dessa habilidade específica em EFT será muito apreciado pelos clientes.

A Idéia Central para se encontrar a Questão Central

Para começar, precisamos nos lembrar que...

As "verdades" nas Paredes das pessoas são colocadas ali pelos Eventos Específicos em seu passado.

Isto pode lhe soar familiar. Poderiam as "verdades" ser os Tampos da Mesa e os Eventos Específicos as Pernas que os sustentam? Se você já desconfiava que sim merece uma estrelinha dourada!

Esta é a idéia central para se encontrar as questões centrais.

É bem fácil descobrir que seu medo de falar em público foi causado por um discurso ruim na cerimônia de formatura. Mas é um pouco mais difícil descobrir quando esse medo tem origem nos problemas de auto estima que têm por base uma série de eventos durante a infância.

Você já tem conhecimento sobre Eventos Específicos e como abordá-los. Mas como você já deve ter percebido, nem todas as questões são resolvidas ao se abordar o primeiro Evento Específico que aparece. Geralmente você tem que ir mais fundo, e sem um mapa para guiá-lo, a busca por uma determinada questão central pode ser tediosa. A estrutura que aqui desenvolvemos vai lhe ajudar a navegar através de questões mais complexas, permitindo-lhe então encontrar o Evento Específico mais eficaz, e consequentemente, o melhor resultado e em menos tempo.

Identificando "Verdades"

Quando seus clientes descrevem suas questões, eles não têm idéia de que você está olhando para os Escritos em Suas Paredes, tentando descobrir como foram construídos seus mundos internos. Mesmo que eles soubessem, provavelmente não conseguiriam explicá-lo e nem oferecer-lhe um mapa. Na realidade, foi por isso que eles lhe procuraram. Então, quanto melhor você souber trabalhar com as informações que recebe, tanto melhores serão as sessões.

A cliente pode dizer muitas coisas ao descrever seus problemas, mas nem todas elas representam "Verdades". A maior parte pode ser considerada generalizações, como um relato ou simplesmente uma conversa genérica sobre o problema... e você precisará se esforçar para descobrir as verdadeiras especificidades, ou algo que possa sugerir uma razão para o problema.

Geralmente, assim que a cliente termina seu relato, a primeira coisa que queremos saber é "Por que?"...por que ela se sente assim, por que ela está nessa situação, por que ela continua a agir assim, o que aquilo a faz lembrar, quais são os benefícios e malefícios envolvidos?

Quando você já tiver pesquisado suficientemente para revelar as "Verdades", ou "Escritos na Parede" do cliente, você vai descobrir o que pode estar guiando seu comportamento ou colorindo sua percepção e poderá então começar a separar tudo aquilo em Eventos Específicos.

Aqui estão alguns exemplos para ajudá-lo a entender essa ideia

Conversa Genérica                                                    "Verdades"

Não gosto do meu trabalho                                  x   As pessoas que trabalham comigo
                                                                                              não gostam de mim

Meu marido me critica                                           x   Ninguém gosta demim

Não consigo perder peso                                      x   Preciso de comida para relaxar

Não consigo me desvencilhar de meu ex          x   Se eu me desvencilhar, ele vence

Cuido de todo mundo, menos de mim mesma  x   De outro modo não serei valorizada.

À esquerda de cada par você encontra um relato típico da cliente sobre o que ela gostaria de mudar.. Embora estes possam parecer bons tópicos para se iniciar com o EFT, ficam faltando alguns aspectos importantes e você pode começar a andar em círculos. Por outro lado, a coluna à direita de cada par aponta para algo que representa uma "Verdade" fundamental, ou os Escritos nas Paredes Mentais da cliente, que lhe proporcionarão material muito melhor para fazer o tapping.

Vamos pegar o primeiro exemplo. Sua cliente diz "Não gosto do meu trabalho", mas ela não se dá conta de como as circunstâncias sociais afetaram sua experiência. Ela apenas sente que o trabalho não lhe dá mais prazer; talvez perceba que não tem mais possibilidade de ser promovida, ou pense que seria melhor mudar de emprego. Entretanto, só para testar, você pode perguntar se algum dia ela já gostou do emprego, ou se poderiam ter havido situações desconfortáveis com o chefe ou com colegas de trabalho que possam ter mudado sua percepção.
Ela se recorda então de uma festa no escritório em que duas mulheres a excluíram de uma conversa. Ela se sentiu rejeitada, controlou os sentimentos em nome do profissionalismo e gradualmente deixou de gostar do emprego; mas jamais entendeu por que. Como resultado daquela experiência ela concluiu Internamente que os colegas de trabalho não gostavam dela, o que representou uma "Verdade" em sua mente. Além do mais, isso poderia facilmente ser a razão pela qual ela não se sentia feliz no trabalho, o que lhe dá um Evento Específico para abordar com o EFT.
Na medida em que você aborda aquele primeiro aborrecimento, sua cliente se liberta e desanuvia a atmosfera com os colegas de trabalho ou simplesmente faz novos amigos e seu trabalho se torna agradável outra vez. Neste caso, foram necessárias apenas algumas poucas e boas perguntas para transformar totalmente sua experiência no trabalho... e nem era sobre o emprego.

EFT Tapping Office Party image
Ela se recorda de uma festa no escritório em que duas mulheres a excluíram de uma conversa.

Lembre-se que provavelmente, na vida da cliente, houve uma experiência anterior com rejeição que influenciou sua reação na festa. Chamamos a isso Core Issue (Questão Central), e se você fizer mais algumas perguntas depois de trabalhar com o assunto festa no escritório, provavelmente chegará ao Core Issue (Questão Central) bem depressa. Na realidade, quanto mais recente for o evento, maior a probabilidade de que ele seja o reflexo de questões mais antigas.Usaremos os exemplos restantes da lista acima para ilustrar esse ponto.

Meu marido me critica: Você pode listar uma série de eventos individuais nos quais o marido foi crítico, mas esses eventos não apontam para a causa da reação de sua cliente. Se você perceber que sua cliente não acredita que alguém possa vir a estimá-la, poderá encontrar alguns Eventos Específicos por trás disso, com a família ou com amigos de infância, quando ela adquiriu essa certeza.

Não consigo perder peso: É claro que há exemplos específicos de quando sua cliente tentou perder peso, mas essa abordagem não irá necessariamente levá-lo à causa do problema. Se você perguntar "por que" e descobrir que seu/sua cliente precisa comer para relaxar, pode estar chegando na causa que o/a leva a ser ansioso/a ou tenso/a. Ou talvez haja um conjunto de Eventos Específicos nos quais a comida esteja relacionada com o bem-estar.

Não consigo me desvencilhar de meu ex: Quando alguém diz que não consegue fazer algo que conscientemente sabe que deveria fazer, ela pode estar tendo alguma vantagem na situação atual. A cliente pode não reconhecer de imediato, mas se você fizer as perguntas suficientes e descobrir algo como "se eu deixá-lo ir ele vencerá", pode localizar os Eventos Específicos precedentes que contribuíram para "eu tenho que vencer."

Cuido de todo mundo, menos de mim mesma:  Mais uma vez, se você perguntar suficientemente vai descobrir  o que está por trás disso e eventualmente chegar a uma conclusão que "de outro modo não serei valorizada".  Dirija então seu foco para os Eventos Específicos que a levaram a chegar àquela conclusão.

Cada cliente apresentará um diferente conjunto de experiências, e por isso você terá que desenvolver sua própria lista de perguntas auxiliares. Entretanto, essas "Verdades", crenças, ou "Escritos nas Paredes Mentais" podem ser assim identificados:

  • Procure por uma dedução, "Verdade" ou uma crença genérica que a pessoa tenha sobre si mesma ou sobre o mundo. (ex: não sou suficientemente inteligente, mulheres não conseguem ser bem sucedidas nos negócios, etc).
  • Procure por um medo genérico (ex: medo de ser magro, medo de ser rejeitado, medo de ficar sozinho, etc).
  • Procure por algo que aponte diretamente para um conjunto de Eventos Específicos (ex: as pessoas não gostam de mim, odeio a escola, não consigo dirigir à noite, etc).

Não são somente essas características que definem os "Escritos nas Paredes Mentais", mas certamente são um bom começo. As duas primeiras são dicas muito boas, mas a terceira é imprescindível, porque...

...se você não conseguiu descobrir os Eventos Específicos por detrás do problema de alguém, precisa continuar cavando.

Repare que cada uma das escolhas à direita (no exemplo acima) parece apontar para uma história de eventos não muito agradáveis, e como seu objetivo principal é colapsar os Eventos Específicos, cada uma dessas opções é uma mina de ouro em potencial.

Dependendo do cliente, você pode precisar fazer um pouco de tapping geral antes de ir para os Escritos em suas Paredes Mentais. Combinar o tapping com as perguntas é uma arte que você dominará com a experiência. Você vai encontrar MUITOS exemplos dessa arte nos Art of Delivery videos, mas pode ter certeza que qualquer tapping preliminar que você fizer é apenas um meio, e não um modelo para resultados duradouros.

Além disso, mesmo que uma questão seja classificada como Escritos nas Paredes Mentais, ela pode não ter tanta influência assim em seu cliente quanto outras questões. Geralmente, acessar "Verdades" e eventos do passado mais remoto tratá melhores resultados do que os eventos da história mais recente. Portanto, você pode precisar descobrir vários Eventos Específicos antes de alcançar o resultado desejado.

"Verdades" para os Tampos das Mesas

EFT Tapping Truth image

Agora, vamos recordar que utilizamos estas "verdades" como Tampos das Mesas, e os eventos que contribuíram como as Pernas das Mesas. É muito simples imaginar um problema como um Tampo de Mesa sustentado por vários Eventos Específicos, e você já viu um diagrama sobre isso no artigo Eventos Específicos. Mas o que dizer quando vários Tampos de Mesas estão empilhados uns sobre os outros? É isso que acontece quando um problema trivial tem raízes mais profundas. E, nesse caso, rastrear seu progresso sem  alguma forma de organização pode ser complicado.

Usando a estrutura de Tampos das Mesas durante suas sessões, você pode identificar as "verdades", bem como os Eventos Específicos, e descobrir como eles estão relacionados. Isto lhe dá uma idéia muito mais precisa do lugar onde você começou e onde você pode ir... como se você tivesse um mapa, melhorando suas perguntas, adquirindo um senso de direção e ajudando na discussão com seu cliente sobre os resultados.

Para melhor entender como uma questão mais complexa se assenta na estrutura dos Tampos das Mesas, considere o seguinte exemplo:

EFT Tapping Grocery Store Line Image

Se em todas as vezes em que você foi ao mercado acabou entrando na fila mais lenta, você pode, eventualmente, concluir que "você sempre acaba na fila mais lenta". Nessa hora você constrói um Tampo de Mesa, sustentado por todas as vezes em que isso foi verdade, e a partir daí, presume que vai sempre acabar na fila mais lenta. Vai, então, buscar evidências que confirmem sua conclusão, continuando a acrescentar "Pernas" para sustentar o Tampo da Mesa. Mesmo que você não acabe em uma fila lenta, vai considerar que foi uma exceção à regra, que você "teve sorte dessa vez", o que também apoia a conclusão acima.

Quando acessar a questão "sempre acabo entrando na fila mais lenta" simplesmente removendo, uma a uma, a intensidade de cada Perna da Mesa, aquela conclusão, "Verdade" ou Tampo da Mesa eventualmente vai abaixo.

Entretanto, a história é mais complicada na vida real. Digamos que sua mãe tinha um jeito de lhe fazer acreditar que você estava sempre "fazendo errado" e não importa o quanto você tentasse, você sempre acabava pensando "fiz errado". Após dezenas de Eventos Específicos com a mesma mensagem, você eventualmente conclui que "sempre vou fazer errado". E quando você estiver no segundo grau e acertar 82% em um teste de vocabulário, vai continuar dizendo "olha só, errei", e é até capaz que sua mãe reforce isso quando você chegar em casa.

Mais tarde, depois de você ter falhado em alguns relacionamentos, vai dizer "escolho a pessoa errada", e quando pensar em ser promovido no trabalho, vai dizer "cometo muitos erros, não vou conseguir me manter no emprego", e quando for ao mercado, vai dizer "sempre termino na fila mais lenta". Estas são todas variantes da conclusão inicial "Sempre faço errado".

Estas são variações da dedução inicial "sempre faço tudo errado", e embora você provavelmente continue esperando que sua "sorte" mude, os Escritos em suas Paredes Mentais continuarão produzindo os mesmos resultados em sua vida.

A dedução inicial, baseada nas experiências com sua mãe representam o Tampo da Mesa inserido nos Escritos em suas Paredes Mentais, e podemos chamá-lo Tampo da Mesa "sempre faço tudo errado". Observe o diagrama abaixo.

EFT Tapping Table Top image

As experiências individuais que dão sustentação ao Tampo da Mesa estão listadas abaixo.

  • Quando mamãe me repreendeu por colocar um prato mal lavado no armário.
  • Quando segurei minha irmãzinha pela primeira vez e não apoiei sua cabeça.
  • Quando entrei em casa pela porta da frente e não a fechei completamente.
  • Quando esqueci meu almoço em casa e minha mãe se atrasou para o trabalho porque teve que trazê-lo para mim..
  • Quando cantei em voz alta pela primeira vez e meu pai disse que eu estava desafinado.
  • Quando pintei um quadro e minha professora disse que o azul deveria ter sido mais claro.

Estes são chamados Pernas da Mesa porque, sem essas experiências, a dedução ou Tampo da Mesa chamado "sempre faço tudo errado" não existiria.

Pelo fato de esse Tampo de Mesa ter sido criado no início da vida, ele está assentado mais profundamente em seu sistema do que outros tampos, e provavelmente está diretamente abaixo de outros tampos similares e mais recentes, tais como "sempre escolho a pessoa errada", "não consigo ter um emprego melhor", e "sempre acabo na fila errada". Observe o diagrama abaixo.

Esses tampos mais recentes têm suas próprias Pernas, representando o relato de experiências com o mesmo desfecho. Entretanto, pelo fato de serem criados sobre a fundação do "sempre faço tudo errado", podemos dizer que que eles se apoiam sobre o Tampo de Mesa primitivo e mais profundo, e não podem ser completamente colapsados até que o mais antigo seja acessado.

Observe no diagrama abaixo que se você colapsar todas as pernas sob o Tampo de Mesa mais recente, ele cairia exatamente sobre o mais antigo. Além disso, na medida em que a questão mais antiga ainda está intacta, você continuaria a erigir novas pernas para mesas menores, ou construir novos Tampos de Mesa intitulados "sempre faço tudo errado", utilizando as experiências vindouras. Isto acontece porque você ainda tem a expectativa de "fazer errado", e então seu sistema encontrará um jeito de tornar isso verdade. Este tampo maior e mais profundo é chamado Core Issue (Questão Central), e é ele que queremos, ao fim e ao cabo, colapsar

EFT Tapping Table Top image

Observe agora o diagrama e você vai perceber que ao colapsar o Core Issue (Questão Central) será destruída a base para todas as outras questões desenvolvidas sobre ele.

Ao acessar essas questões fundamentais, você terá a liberdade emocional para escolher uma perspectiva inteiramente nova, simplesmente porque não está mais limitado por aquela crença ou "Verdade". Uma vez acessada a percepção "sempre faço tudo errado", você vai ver que sua mãe estava tentando ajudá-lo a ser uma pessoa melhor, e embora você tivesse preferido que ela fizesse isso de outra forma, seus esforços não serão mais considerados como críticas. A partir daí, você vai ter a oportunidade de perceber que filas no mercado, relacionamentos fracassados e carreira com potencial limitado poderiam ser simplesmente seus medos, e não a realidade. Assim, seu sistema não terá mais a necessidade de escolher cenários em que você está "errando"... e esta é a enorme mudança de paradigma que acontece com o EFT.

EFT Tapping Table Top image

Colapsar a Core Issue (Questão Central) não é sempre fácil ou rápido, mas é o "santo graal" das sessões do EFT, e é, ao fim e ao cabo, o objetivo final de um excelente praticante de EFT.

Visão Geral

Como você vai descobrir, cada cliente tem seu próprio e fascinante quebra-cabeças  de questões e eventos mantidos por crenças, justificativas e padrões. Na medida em que cada cliente é diferente do outro, cada processo será diferente e você vai precisar ter seu próprio discernimento sobre a direção a tomar e onde começar e terminar suas sessões. Sabemos que as sessões de EFT não podem ser tão estruturadas como os exemplos, e não vão se ajustar tão facilmente ao diagrama do Tampo da Mesa. Imagine que um cliente tem medo de altura, problemas com compromisso, insonia ocasional e uma falta de confiança total. Pode imaginar a quantidade de Tampos de mesa que podem estar presentes, empilhados em sua maquiagem emocional? Na realidade ela pode ser uma pessoa razoavelmente normal. Mas quando você começar a lidar com casos mais graves, a complexidade pode ser avassaladora, se você não tiver como organizá-la. Em sua prática em EFT você descobrirá que é melhor estreitar o foco em uma questão, ou em uma "pilha" de de Tampos de Mesa sempre que possível.

 Algumas vezes somos apanhados em uma cadeia de acontecimentos que dura meia hora, e temos que acompanhar a intensidade, mas em algum ponto é melhor parar e reunir as idéias, avaliar onde você esteve, o que foi realmente colapsado e o que ainda está "na mesa", esperando para ser acessado.

Uma "corrente de acontecimentos" acontece quando ao fazer o tapping para um evento outro é revelado, depois outro, e mais outro, etc. Nessa corrente, você pode ter colapsado três questões sob o Tampo da Mesa, uma Core Issue (Questão Central) abaixo daquele, e então mudar para um punhado de eventos sob outro Tampo de Mesa.

Se você terminar a sessão sem avaliar o progresso, nem você nem ele saberão o que esperar como resultado. É muito mais profissional reunir as idéias, organizar as peças dos problemas e formular um plano de jogo que inclua o dever de casa do cliente e material para a próxima sessão, que será consistente com o trabalho que vocês já realizaram juntos.

Testando Tampos de Mesa

Quando você testa seu Tampo de Mesa, você está tentando descobrir se há mais algum aspecto ou Evento Específico ainda o mantendo de pé. Entretanto, você está, ao mesmo tempo, tentando avaliar em que situação está aquela primeira "Verdade", porque você foi contratado para resolver.

É exatamente como um mecânico que foi contratado para descobrir por que o motor de seu carro não dá partida. Ele pode consertar o alternador, limpar a vela de ignição ou algo na ignição, mas ele não lhe entrega o carro até que o motor pegue.

Você pode usar qualquer um dos métodos no artigo Testando que se adapte aos detalhes da questão atual. O método "Diga isto" pode ser particularmente útil neste caso. Lembre-se que um Tampo de Mesa é uma questão global e por isso o teste é mais complicado e pode não ser conclusivo até que o cliente tenha comprovado o resultado em uma variedade de situações reais, fora do consultório.

Cuidado ao Desafiar Core Issues (Questões Centrais)

EFT Tapping Caution limage

Esteja preparado, porque quando você alcançar uma Core Issue (Questão Central) os eventos geralmente se tornam mais intensos e mais difíceis de serem aceitos. As pessoas constroem suas vidas inteiras sobre as deduções a que chegam quando crianças. Portanto acessar uma Core Issue (Questão Central) pode ser como tirar o chão sob seus pés.

Algumas pessoas adquirem vida nova e estão prontas para se desvencilharem de um passado que não lhe serve mais. Outras ainda estão muito apegadas às suas "Verdades" primitivas, sua opinião sobre seus pais ou suas camadas protetoras, e nesse caso você pode realmente ter muito trabalho. De qualquer forma, ao lidar com Core Issues (Questões Centrais), toda a sua perícia em EFT será testada, juntamente com sua capacidade de empatia, compaixão, comunicação e bom senso. Por isso, por favor, não se aventure nisso sem preparo.

Neste ponto é aconselhável lembrá-lo que a utilização profissional do EFT acarreta algum risco de que sejam reveladas memórias traumáticas inesperadas ao  seu cliente. Certique-se de ter compreendido completamente o material no Afastando as intensidades e amenizando e preste atenção no caminho que você escolheu para trilhar com seus clientes. Se você suspeitar que alguém tem uma questão para a qual você não está qualificado para acessar, encaminhe-o para profissionais qualificados em saúde mental e conheça os procedimentos nos casos de colapso ou ab-reação.

Por melhor que você seja no mecanismo do EFT, você vai precisar também compreender a psicologia de seus clientes. Para a maioria das pessoas, isso vem com a experiência, mas se você não teve treinamento em psicologia ou no campo das terapias relacionadas, sua habilidade nessa área pode se desenvolver mais lentamente. Nesse caso, seria bom considerar adquirir mais treinamento em trauma e/ou supervisão clínica de um colega mais experiente que você.

 

© Gary and Tina Craig
All Rights Reserved