Tutorial do EFT Oficial

4a PARTE- Avançado: Fazendo Tapping mais Profundo em Questões Emocionais

O trabalho de detetive dentro do processo do EFT Tapping

Chegar às Questões Centrais

O objetivo do grande trabalho de detetive no EFT é encontrar as questões emocionais centrais ou vitais que contribuem para os problemas atuais do seu cliente.

Imagem EFT tocando questões centrais
Questões centrais podem ser quebra-cabeças escondidos  no fundo da psique dos seus clientes

Questões centrais são frequentemente geradas na infância, mas também podem ser o resultado de um trauma significativo mais tarde na vida, como um acidente de carro ou uma agressão sexual . À medida que o tempo passa, essas questões vitais podem ficar enterradas sob camadas e mais camadas de percepções, justificativas e mecanismos de proteção, de modo que nem sempre são fáceis de encontrar.

Às vezes, essas questões centrais aparecem de imediato, mas, muitas vezes, são peças de um quebra-cabeças, escondidas profundamente na psique de seus clientes e é necessário uma sondagem e até uma cutucada para que elas apareçam. Se, por exemplo, seus clientes não perceberem completamente a conexão entre as emoções do passado e as queixas atuais, eles não saberão como fornecer as informações de que você precisa. Além disso, mesmo que eles consigam fazeresta conexão, a maioria já encontrou maneiras de encobrir ou racionalizar a dor emocional e muitas vezes não percebem que um evento ainda a incomoda até que alguém (você) os ajude a cavar mais fundo.

Este artigo fornece algumas abordagens úteis para encontrar questões centrais. No entanto, trata-se de uma habilidade artística que você precisa adequar ao cliente. Nossa série de videos da Arte da Entrega está cheia de exemplos na prática real.

Em um artigo anterior, nós discutimos eventos específicos e seu papel crucial em sessões poderosas de EFT. Também apresentamos exemplos de questões globais que podem ser desmembradas em eventos específicos e usamos o medo de rejeição como um exemplo de como você pode, simplesmente, olhar para os eventos em que alguém foi rejeitado e abordá-los com o EFT. Há muitos problemas que mostram claramente os eventos específicos por trás deles... e aqui estão alguns exemplos desse artigo, cada um com uma pergunta simples que você pode usar para acessar eventos relacionados:

  • "Eu tenho medo de rejeição": Você pode me falar sobre o(s) momento(s) específico(s) quando você se sentiu rejeitado?
  • "Eu sou claustrofóbico": Você se lembra de um ou mais vezes em que você se sentiu mal ao ficar fechado?
  • "Eu tenho muito estresse no meu trabalho": Você consegue se lembrar da primeira vez, ou outras vezes, quando você se sentiu estressado no trabalho?
  • "Minha mãe e eu sempre discutimos": Que argumento(s) dela ainda te incomodam mais?
  • "Os homens não me tratam bem": Você consegue se lembrar da primeira vez ou de outras vezes em que os homens não a trataram bem?
  • "Eu tenho medo de falar em público": Houve alguma vez em que você falou em público e que não se deu bem?

Na verdade, quando os eventos específicos são claramente apresentados pelo cliente você está trabalhando com um dos casos mais fáceis... mas há outros casos que requerem mais habilidade. Por exemplo, se alguém entrar em seu consultório e disser: "Eu sou um workaholic", Você olha para os eventos específicos em que ele ou ela ficou até tarde no escritório? Provavelmente não. Neste caso, queremos focar nos eventos que parecem estar causando o desejo de trabalhar demais, para conseguir melhores resultados, olhando mais ao fundo. Da mesma forma, se o medo de falar em público do seu cliente foi causado por eventos como um pai que criticava cada frase dele, o exemplo sugerido acima não resolve. Os exemplos são infindáveis de situações em que você bate numa parede de tijolos e precisa então se tornar um detetive.

Desenvolvendo habilidades de detetive

A qualidade do seu trabalho de detetive como um Practitioner de EFT vai determinar o quão rápido ou quão completamente você pode resolver um problema. E todos os elementos listados a seguir serão importantes no desenvolvimento de suas habilidades.

Roteiro - Trabalhar com Tampos de Mesa, Pernas da Mesa e com Aspectos como componentes de problemas emocionais será uma grande ajuda na organização de sua abordagem e fornecer um roteiro útil para chegar nas questões centrais.

Boas perguntas - Embora cada problema apresente seus próprios desafios, a qualidade de suas perguntas pode levar suas sessões das questões globais aos eventos específicos até chegar nas questões centrais.

Visão e experiência - Uma compreensão abrangente de como as questões são criadas com o método Escrevendo nas paredes irá fornecer um nível mais profundo de habilidade e uma grande base para orientação intuitiva.

Qualidades - Qualquer bom detetive tem certos traços de personalidade que podem ser desenvolvidos por qualquer pessoa e que depois apoiarão o objetivo final de atacar as questões centrais.

Testar - Ser metódico, detalhista e criativo com todas as ferramentas de teste irá fornecer pistas valiosas para encontrar problemas ocultos, e uma indicação mais precisa de quando o trabalho está de fato terminado.

Vamos explicitar abaixo, em detalhe, cada um desses tópicos..

ROTEIRO

Imagem EFT tocando Road Map

A Teoria Tampo da Mesa foi discutida em um artigo anterior. Ele fornece uma estrutura muito útil para navegar através das camadas de uma questão emocional e ajudá-lo a reconhecer como todas as peças estão relacionadas. Nós não vamos repetir essa discussão aqui, mas recomendamos que você ganhe o máximo possível de experiência com esse conceito. Quando ele se tornar bem familiar para você, você terá uma novo nível de compreensão a ser usado como recurso em suas sessões.

Boas perguntas

Perguntas imagem EFT

Grande parte das informações de que você precisa para abordar com êxito as questões centrais está na memória de seus clientes. Como mencionado antes, eles nem sempre sabem quais partes da informação são as mais valiosas para as suas sessões. Portanto, você precisará estar preparado com alguma maneira de começar a conversa.

Vamos supor que seu cliente apresente uma questão geral como "eu não consigo dormir." Todos as perguntas seguintes são úteis para ir um pouco mais a fundo.

  • Por que você acha que isso acontece?
  • Se você não sabe por que, pode dar um palpite?
  • O que acontece quando você tenta?
  • Quando começou?
  • Existe uma emoção específica que você sente nessa situação?
  • Há quanto tempo isso te incomoda?
  • Quando foi a primeira vez que você se lembra de se sentir assim? O que estava acontecendo em sua vida naquela época ou até um ano antes?
  • Se houvesse um acontecimento do passado contribuindo para este problema, o que seria?
  • Se você pudesse viver sua vida outra vez, qual pessoa ou evento que você gostaria de evitar?

O principal objetivo aqui é encontrar um evento(s) específico(s) relacionado(s) com o problema em questão. No entanto, se os seus clientes estão tendo dificuldade em lembrar  de algo, peça-lhes para inventar...

  • "Se houvesse alguma outra pessoa com o problema, que tipo de experiências você acha que ele poderia ter tido?"
  • "Se você pudesse imaginar uma experiência que pudesse contribuir para o seu problema, como seria a história?"

A imaginação dos seus clientes, muitas vezes, aproveita a sua experiência real. Por isso, mesmo que os detalhes não sejam 100% precisos, você ainda pode chegar a algum lugar. Fazendo muitas perguntas você irá ajudá-los a adicionar mais detalhes e fazendo o tapping em todos os aspectos das histórias que aumentam a intensidade emocional servirá para fazer emergir alguma verdade subjacente às histórias.

Depois de ter descoberto uma emoção ou evento específico, você poderá continuar com algumas perguntas abaixo para ir ainda mais a fundo.

  • Quem ou o quê esta questão ou sentimento lembraa você?
  • O que esta emoção significa para você?
  • Qual teria sido a razão para essa pessoa ter feito o que fez?
  • Existe alguém que pode ter, sem saber, ensinado você a se sentir dessa maneira? (p.ex. Quem escreveu isso em suas paredes?)
  • Qual é a desvantagem de você se livrar deste problema?
  • Qual é a vantagem de continuar com o problema?

Essas perguntas irão fornecer muita informação que você poderá listar como aspectos, oportunidades para minimizar a dor, pistas para testes, abordagens para usar, frases de Setup possíveis, identificar o que está escrito em suas paredes, e assim por diante. Quanto mais informações você tiver, mais eficaz e criativo você será em sua sessão.

Visão e experiência

Imagem EFT tocando Perspicácia

Não há nenhum substituto para anos de experiência com questões emocionais e eventos específicos. Independentemente de quantas perguntas você tenha em sua maleta de ferramentas, é o seu entendimento das questões emocionais que irá produzir as melhores perguntas.

Escrevendo em suas Paredes é um conceito que pode crescer com você e lhe permitirá ter uma visão aprofundada de cada novo cliente. Por isso recomendamos que você vá a  fundo nisso. Aplique-o à sua própria vida e preste muita atenção à forma como ele afeta a sua interação entre outras pessoas também.

No intervaldo nós temos alguns elementos de uma visão com muita sabedoria para ajudar a encurtar a sua viagem.

Temas da Questão Central

É de grande valia estar preparado para as Questões Centrais antes que elas apareçam e, com a experiência, você poderá vê-las antes mesmo que seu clienteo faça. Enquanto você desenvolve essa experiência, aqui está uma lista de temas comuns que muitas vezes aparecem como questões centrais.

  • eu não sou bom o suficiente
  • Eu não sou digno de amor
  • É ruim ganhar dinheiro
  • Eu não sou inteligente
  • Eu não tenho valor
  • Não é seguro relaxar
  • O mundo não é seguro
  • Eu não me encaixo
  • Vergonha
  • Culpa
  • Aprovação
  • Rejeição
  • Segurança
  • Julgamento
  • Controle
  • Raiva
  • Autoridade

Por Detrás das Emoções Gerais

Sentimentos como estresse, ansiedade, tristeza, depressão ou infelicidade são muito genéricos. Atrás de um sentimento genérico geralmente há várias emoções específicas que se aglutinaram, até que já não podem mais ser reconhecidas. Por exemplo, digamos que, como um menino, seu cliente foi pressionado por seu pai a conseguir nota dez na escola. O preço que ele pagou por ter notas mais baixas foi a desaprovação do homem que ele mais admirava. Ele só viu essa desaprovação algumas vezes, mas foi doloroso o suficiente para levá-lo a uma interminável busca pela perfeição.

Desde então, o chefe dele, sua esposa e seus filhos, todos viram a versão mais "perfeita" dele. No entanto, um homem perfeito não mostra sua raiva, sua tristeza ou sua decepção. Por isso, sempre que ele tinha esses sentimentos, ele os escondia atrás de sua parede de "perfeição." Até o momento que ele vem até você, todos aqueles sentimentos enterrados se combinaram com o medo de desapontar as pessoas, formando uma grande bagunça geral chamada ansiedade.

Enquanto um novato no EFT possa focar em "apesar de eu ter essa ansiedade" e, eventualmente, obter alguns resultados, um Practitioner de EFT experiente sabe que há muito mais a entender do que apenas o rótulo ansiedade. Compreender como esses sentimentos genéricos são criados irá ajudá-lo a reconhecer o quão profundo você precisa ir para encontrar a raiz do problema, ou de quantas peças você precisa resolver para produzir resultados.

Por que você escolheu essa reação?

Considere isto ... Se duas pessoas são confrontadas com a mesma situação, uma pessoa pode escolher desamparo como sua reação, mas a outra pode escolher decepção ou raiva. Por que isso?

As questões centrais têm uma maneira de colorir nossa percepção geral do mundo. Por exemplo, assim que alguém tem uma profunda experiência de desamparo, esta será Escrita em suas Paredes e, a partir de então, tal pessoa irá avaliar novas situações com base em se isso irá ou não deixá-la desamparada. Em consequência, haverá uma série de eventos em que ela se sentirá impotente e esta se torna sua "reação escolhida",por assim dizer.

O mesmo se aplica para alguém que tenha tido uma experiência profunda de decepção, raiva ou qualquer outra coisa. Explorando os eventos que originalmente culminaram em serem escritos na parede, muitas vezes você pode encontrar as questões centrais.

QUALIDADES

Qualidades imagem EFT Tappng

Uma abordagem científica irá percorrer um longo caminho no sentido de um bom trabalho de detetive. Algumas pessoas nascem com um interesse natural em assuntos científicos e são fascinadas pela forma como as coisas funcionam. Pessoas com mente científica gostam de desmembrar qualquer processo em todas as suas partes e ver como cada uma contribui para o quadro geral. Eles mergulham em quebra-cabeças, equações e sistemas só para ver como eles se desvendam.

Como você já deve saber, o EFT foi desenvolvido por um cientista (eu), para ser exato um engenheiro, e é fácil de reconhecer a natureza científica no meu trabalho de detetive. Fiel ao meu caráter natural, eu não fico satisfeito com "Obrigado, eu me sinto melhor." Pelo contrário, eu quero saber "Por quê? Qual é a parte de você que se sente melhor? Quanto melhor você se sente? Onde está a prova disso?" Mais importante do que isso, eu mergulho no assunto como se fosse um quebra-cabeça e eu nunca me sinto pressionado pela obtenção de qualquer resultado em particular.

Muitos não nasceram com uma inclinação científica, mas essas habilidades ainda podem ser desenvolvidas. Abaixo, eu identifiquei as qualidades mais importantes de um bom trabalho de detetive e confio que todos os leitores irão reconhecer pelo menos uma direção na qual eles podem crescer.

Curiosidade incurável -

Você pode estar armado com centenas de perguntas, mas se você não estiver realmente curioso sobre como se formou o mundo do seu cliente, você não vai saber como usá-las. Às vezes, uma pergunta perspicaz vai abrir um manancial de informação e outras vezes,você pode precisar de várias perguntas simples para chegar na mesma coisa. Muitas vezes você não sabe para onde você está indo com um problema, e nem o cliente sabe. Então uma abundância de perguntas simples irá guiá-los passo a passo. De qualquer maneira, a qualidade de sua curiosidade é muitas vezes mais poderosa do que uma lista de perguntas brilhantes.

Distanciamento -

Isso não significa ser indiferente ou insensível. Pelo contrário, significa distanciamento dos seus resultados, bem como distanciamento de seus clientes. Iremos abordar estes itens um de cada vez.

  • Distanciamento de seus resultados significa que você aborda sua sessão como se você estivesse conduzindo um experimento. Com cada problema e cada abordagem, você sabe que pode funcionar ou não. Se não funcionar, você vai tentar outra coisa e você não sente nenhuma ansiedade pelo resultado. Nunca haverá erros, apenas nova informação. Você não fica preocupado em cometer um erro ou ficar mal diante de seu cliente. Em vez disso, você deixa de lado todo o ego pelo bem da experiência e você aprecia o desafio que cada quebra-cabeças apresenta.
  • Distanciamento de seu cliente significa que sentir-se necessário, ter uma conexão com ele ou ganhar sua aprovação não motiva sua paixão pelo caso. Se os seus experimentos não produzirem resultados, o cliente pode não voltar para outra sessão, e se você estiver distanciado, isso estará OK para você. Se não estiver, você pode se sentir ansioso e ser tentado a usar outras táticas para evitar a rejeição.

Paciência -

Paciência com você mesmo, paciência com o seu cliente e paciência com o processo é tudo importante para o bom trabalho de detetive. Você se lembra do perrsonagem Columbo? Columbo era um detetive muito astuto de um programa de TV americano na década de 1970. Seu processo de investigação era curioso, metódico e divertido, e sem sofisticação. Sua maior virtude era ter a paciência de esperar até que todas as peças do quebra-cabeça se mostrassem em sua frente... e então ele teria uma visão brilhante, aparentemente óbvia, que milagrosamente resolvia o caso. O EFT pode ser exatamente assim. Há uma série de variáveis ​​em jogo, especialmente com questões complexas, e às vezes as grandes respostas não aparecem de imediato, mas paciência e persistência valem a pena.

Todas essas três qualidades vão encorajar você a estar bem presente em suas sessões e colocar o seu ego de lado. Usando estes recursos, você terá acesso a melhores visões, melhores perguntas, melhor intuição e melhores resultados- Por isso, aproveite esta oportunidade para avaliar onde você pode crescer. O resultado final será recompensador. A série de vídeos Arte da Entrega  exibe detalhadamente essas qualidades na prática e fornece um recurso importante para idéias e abordagens.

EFT Tapping Testing image

Testar inclui não apenas a avaliação de resultados de intensidade de 0 a10, mas também a grande variedade de métodos descritos no nosso artigo de teste. Os métodos de teste devem ser utilizados até que o problema do paciente não possa mais ser desencadeado e, portanto, em última análise, os testes nos dizem quando o trabalho está verdadeiramente terminado. Ele também nos diz quando temos mais a fazer e isso pode apontar o nosso trabalho de detetive na direção certa. Os testes e trabalho de detetive são tão interligados que é impossível ter um sem o outro.

Entre as principais razões de erro dos Practitioners de EFT está a de não testar o suficiente, exaustivamente . Por que isso? Nós suspeitamos que tenha a ver com a confiança em si mesmos ou em seu trabalho. Pode ser que algumas pessoas tenham sido treinadas para atingir padrões muito elevados enquanto outras ficam  satisfeitas com qualquer resultado. É difícil identificar uma razão em tantas pessoas, mas esta é uma área onde a maioria  precisa trabalhar bastante.

Tenha em mente que se você se depara com um problema que não está respondendo bem ao EFT básico, ou o evento específico que você escolheu não está fornecendo alívio para a questão geral do paciente, é porque é necessário fazer mais testes. Ao invés de tentar aplicar o básico para além das suas capacidades ou apelar paraa abordagens"criativas" globais, entre mais a fundo na estrutura emocional do seu cliente e encontre algum material melhor para fazer o Tapping.

 

© Gary e Tina Craig
Todos os direitos reservados